domingo, 16 de janeiro de 2011

Por isso digo que estou entre o Céu e o Abismo...


   ♪     ♪      ♪   ♫   ♪  

"Porque Ele vive, posso crer no amanhã.
Porque Ele vive, temor não há.
Pois eu bem sei, eu sei, que a minha vida
Está nas Mãos do meu Jesus, que vivo está."

Horas de desespero...






Tem horas em que eu sinto que nunca vou parar de sofrer, parece que a dor e o desespero serão sempre uma constante em minha vida. Sinto que sempre vou fracassar na minha vida material e que nunca vou ter uma família, o amor de alguém...

Bom, pelo menos há sempre uma esperança de sair desse suplício, sabendo que existe o Fenobarbital... 

 

sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

Sons, imagens e perfumes....

Nós temos 5 sentidos. E todos esses sentidos têm o poder de nos trazer lembranças e, com elas, poderosos sentimentos.
Mas, para mim, o som de uma música, uma imagem ou um cheiro têm mais poder de despertar delícias e dores que estavam lá engavetadas na memória. Muitas vezes, estão no subconsciente essas lembranças e, apesar de muitas vezes não lembrarmos do porque certo cheiro nos faz sentir algo, nós podemos sentir algo muito forte ao sentir certo aroma.
O perfume Lou Lou, por exemplo, me lembra os anos 80 e início dos anos 90.... e como eu amo esse cheiro. Não sei quem usava esse perfume, mas me dá uma sensação gostosa senti-lo.
Estou enrolando para falar do que realmente me fez pensar sobre essas coisas. Na verdade é uma música. Música essa magistralmente cantada por Jacques Brel. Seu significado é interessante, mas o que mais gosto na música é o fato de ela me ter sido apresentada por Laurent, quando me falou que essa canção lembrava a música principal do filme “O Fabuloso Destino de Amelie Poulain”, pela forma de ambas se tornarem mais e mais intensas com os seus desdobramentos... Ele me contou também que seu avô gostava muito dessa canção. E então eu comecei a ouvi-la sempre a a gostar cada vez mais da música e dele. Laurent, no entanto, não apreciava tanto tal música. Ainda assim, essa música me faz lembrá-lo ternamente, me faz sentir muito do que de bom nós vivemos em nossa época.
O nome da música é “Dans Le Port D’Amsterdam", composta e cantada por Brel.

video